fbpx
Home / Brasil / Pernambuco / Fernando de Noronha / ILHA TOUR EM FERNANDO DE NORONHA VALE A PENA?

ILHA TOUR EM FERNANDO DE NORONHA VALE A PENA?

Atualizado em

Avalie este Post

O Arquipélago de Fernando de Noronha é tão rico em biodiversidade e belezas naturais que oferece inúmeras atrações e passeios a se fazer. Mas como aproveitar a Ilha da melhor maneira?

Morro 2 irmãos
Pezinhos no mundo

Logo no primeiro dia, reservamos o Ilha Tour, que nada mais é que um tour completo de reconhecimento da Ilha

Algumas pessoas não gostam desse passeio pois acham corrido conhecer a ilha toda em apenas um dia. Isso é uma verdade mas, no Ilha Tour conseguimos ter uma visão geral de Noronha e pudemos escolher os pontos favoritos para conhecer com calma. 

Como é feito o Ilha Tour?

O passeio dura o dia todo, aproximadamente 8 horas, e é feito em veículo 4×4 tipo safari com até 10 pessoas. Para quem quiser um passeio mais exclusivo, é possível contratar o Ilha Tour Privativo.

Por volta das 08:30 hs, o veículo da agência chegou à Pousada da Michelle para nos buscar. Com todos os participantes a bordo, é feita uma parada na Vila dos Remédios para locação de equipamentos de snorkel. O valor é de R$ 10,00 por colete e mais R$ 10,00 pela máscara e pés de pato, podendo ficar com os equipamentos até o final do passeio.

Como levamos nossos equipamentos de snorkel, alugamos apenas os coletes.

Veja também: Tudo o que é preciso levar para Noronha.

A sequência dos pontos de visitação pode ser alterada a cada tour de acordo com as condições climáticas, da maré e dos interesses do grupo.

Projeto Tamar.

A sede do Projeto Tamar é a primeira parada do passeio, no entanto, por um curto período. A visita se resume a uma breve explicação sobre os trabalhos realizados na Ilha, a programação de eventos e para conhecer a loja.

Diariamente, palestras educativas, filmes ambientais e eventos culturais são apresentados no local, podendo a programação ser consultada na recepção de seu hotel ou pelo site do Projeto. Além de super interessante, as atividades são gratuitas e não necessitam de agendamento prévio.

Além disso, todas as 2ª e 5ª feiras são realizadas a captura científica para marcação e biometria das tartarugas marinhas na praia, oportunidade em que os visitantes podem acompanhar gratuitamente a atividade de monitoramento.

Baía do Sueste.

Alguém ai querendo saber sobre mergulhar com tartarugas e tubarões?

O primeiro local de mergulho de superfície escolhido por nosso guia foi a Baía do Sueste ou Praia do Sueste.

FERNANDO DE NORONHA - BAÍA DO SUESTE

Quando estava pesquisando sobre os locais mais interessantes de Noronha, soube da possibilidade de encontrar tubarões na Baía do Sueste. Confesso que fiquei muito ansiosa para esse mergulho, um misto de desejo e receio.

Praia do mar de fora, com a baía mais protegida do arquipélago devido as ilhas que ali se encontram, tem o mar calmo, perfeito para o mergulho livre. 

As Ilhas da Baía que deixam a paisagem ainda mais bonita são a Ilha Cabeluda, Ilha do Chapéu do Sueste, Ilha dos Ovos e a Ilha Trinta-Réis.

FERNANDO DE NORONHA - BAÍA DO SUESTE

Sueste oferece um contato com a biodiversidade marinha, assim como em todo o arquipélago, porém, como a região é utilizada por tartarugas e tubarões como área de alimentação e descanso, o cenário se torna ainda mais atraente.

Além disso, o Sueste abriga o único mangue de ilhas oceânicas do Atlântico Sul, no entanto, devido à fragilidade desse ecossistema, o acesso ao mangue não é permitido.

Sueste fica dentro do Parque Nacional Marinho.

Por fazer parte do Parque Nacional Marinho, a entrada na Baía do Sueste é condicionada à apresentação do ingresso. Esse ingresso custa R$ 106,00 para brasileiros e R$ 212,00 para estrangeiros e é válido por 10 dias.

Para saber como e onde comprar seu ingresso, clique aqui.

A fim de proteger este ambiente único, a praia é dividida em três áreas distintas, separadas por boias.

No lado direito a atividade de mergulho livre deve ser realizada obrigatoriamente com colete flutuador. No centro da praia o banho é livre, onde não raro será seu encontro com as espécies mais desejadas.

Por outro lado, à esquerda o acesso é permitido apenas para pesquisadores autorizados pelo Parque.

Assim como em outros pontos do parque, Sueste oferece aos visitantes banheiros, lanchonete, área de descanso, aluguel de equipamentos e loja de souvenires. 

E as tartarugas e tubarões?

Realmente o avistamento de animais de vida marinha é muito frequente na Baía do Sueste.

Ainda na faixa de areia, conseguimos observar diversos filhotes de tubarões da espécie limão e tartarugas. Durante o mergulho, tivemos a companhia de arraias, tubarões, peixes, lagostas, tartarugas e até uma moreia bem assustadora. 

FERNANDO DE NORONHA - BAIA DO SUESTE
Já equipados para começar o snorkeling na Baía do Suede.

Achamos o trajeto percorrido um tanto cansativo, visto que fizemos a travessia, ida e volta, até uma outra prainha.

Talvez seja o caso de, pessoas que não praticam atividades físicas regularmente, ficarem mais perto da praia. Com toda certeza, mesmo que não indo tão longe, encontrarão muitos animais pelo caminho uma vez que estão em toda parte.

Veja também nosso roteiro completo de 5 dias em Noronha.

Mirante da Praia do Leão.

A visita a essa praia é bem rápida, apenas para contemplação, contudo, vale muito a pena.

Na minha opinião, uma das praias mais bonitas de Noronha, com uma visão panorâmica de impressionar. 

FERNANDO DE NORONHA - PRAIA DO LEÃO

O nome se deve à ilha em frente, cujo formato se assemelha a um leão-marinho deitado. Ao lado desta, o Morro da Viuvinha, uma espécie de Ninhal de várias espécies.

FERNANDO DE NORONHA - PRAIA DO LEÃO (2)

O mar é muito azul e a água cristalina, porém, bastante perigoso e o banho não é recomendado. Fomos alertados pelo guia que, devido a corrente formada pelos morros, muitos afogamentos foram registrados no local.

A Praia do Leão é a principal praia de desova das tartarugas marinhas e por esse motivo, a permanência é proibida após as 18 horas.

Diferente da Baía do Sueste, não existe infraestrutura de apoio nessa praia, então, leve ao menos uma garrafa de água.

Dica: O melhor ângulo para fotos é do mirante, antes da trilha que desce para a areia.

Ponta da Air France e Capela de São Pedro.

Em mais uma parada para contemplação, conhecemos a Ponta da Air France, um mirante que tem vista para o mar e ilhas secundárias que formam o Arquipélago.

É uma região histórica onde se instalaram os franceses na década de 20 a fim de  prestar apoio à aviação. 

Localizada no ponto em que se encontram o mar-de-dentro (mais calmo) e o mar-de-fora (mais agitado), o local não permite banho.

FERNANDO DE NORONHA CAPELA DE SÃO PEDRO

Mais acima, a charmosa Capela de São Pedro, cenário de muitos casamentos realizados na Ilha. Momento ideal para saber um pouco mais sobre a rotina dos pescadores da região e curiosidades locais.

FERNANDO DE NORONHA AIR FRANCE

Do alto, ainda é possível avistar o Alagado dos Tubarões, outra área de descanso e alimentação de enormes tubarões.

Praia do Porto.

Nesta parada, conhecemos o Museu dos Tubarões, que possui um acervo completo sobre a fauna marinha de Fernando de Noronha.

FERNANDO DE NORONHA - MUSEU DO TUBARÃO

Mais adiante, o Buraco da Raquel, não apenas famoso pelas lendas que rondam seu nome mas pela importância ímpar para o desenvolvimento de diversas espécies marinhas.

FERNANDO DE NORONHA - BURACO DA RAQUEL
Placa com a origem do nome do Buraco da Raquel.

Durante a maré baixa, piscinas naturais se formam, porém, os banhos no local são proibidos.

FERNANDO DE NORONHA - BURACO DA RAQUEL (2)
Buraco da Raquel com a maré baixa.

Nesse ponto, encontramos um cenário bem famosinho para fotos: a cauda da sereia. Inclusive, não perderia a chance de fazer meu clique ali.

FERNANDO DE NORONHA - CAUDA SEREIA
Sereiando…

Logo após, chegamos ao lindo letreiro de Fernando de Noronha e descemos à Praia para mais um mergulho.

FERNANDO DE NORONHA LETREIRO
Letreiro de Fernando de Noronha localizado na entrada da Praia do Porto.

O mergulho na Praia do Porto é livre, contudo, há uma área restrita apenas a pesquisadores.

Assim, optamos por não nadar longas distâncias e, mesmo próximo à areia, conseguimos observar diversos animais.

Além de tartarugas e arraias, fomos agraciados com um imenso cardume de peixes. Uma experiência inesquecível.

Praia do Sancho e Mirante dos Golfinhos.

Para acessar a Praia do Sancho e Mirante dos Golfinhos, é preciso apresentar o ingresso de entrada no parque.

De maneira idêntica à Baía do Sueste, o local oferece infraestrutura de banheiros, loja e lanchonete, bem como trilhas suspensas.

Após uma breve caminhada, chegamos ao Mirante do Sancho e pudemos contemplar uma das mais lindas praias do mundo.

FERNANDO DE NORONHA - BAIA DO SANCHO
Mirante da Praia do Sancho.

Para chegar à Praia, é preciso descer por duas escadas verticais em um buraco bem estreito. Optamos por não ir até a praia do Sancho, e assim ter mais tempo na Baía dos Porcos.

Um pouco mais adiante, nos deparamos com o lugar mais fotogênico de Noronha: o Mirante do Morro Dois Irmãos. Segundo nosso guia, o local foi apelidado de “Ai que lindo” devido aos muitos suspiros diários de quem se impressiona com tamanha beleza.

Inquestionavelmente, o visual mais bonito, inesquecível e surreal que vimos na Ilha. Não raro deixar rolar uma (ou muitas) lágrimas tamanha emoção de estar de frente a esse espetáculo da natureza.

Os vários tons do mar em conjunto com os Morros formam uma composição perfeita. Se o dia estiver ensolarado, agradeça aos céus pois certamente terá a melhor vista possível do local. 

Baía dos Porcos e Cacimba do Padre.

Após visto de cima, que tal chegar bem pertinho do Morro Dois Irmãos e conhecer outras lindas e disputadas praias?

Partimos para as praias da Cacimba do Padre e Baía dos Porcos a fim de conhecer o cartão postal de Noronha por outro ângulo.

Cacimba tem faixa de areia larga e clarinha, mar lindíssimo, além de ser a praia onde fica o Dois Irmãos.

Entre Dezembro e Março o mar é bravo, perfeito para a prática de surf, inclusive, onde acontecem os campeonatos.

A Cacimba ainda é caminho para a pitoresca Baía dos Porcos, uma praia com apenas 100 metros de extensão e mas muita beleza. Na minha humilde opinião, a praia mais bonita de toda a Ilha.

FERNANDO DE NORONHA BAIA DOS PORCOS

Chegar lá exige disposição visto que é preciso cruzar toda a extensão da Cacimba e ainda vencer um lance de pedras. Mas, como todas as demais praias de Noronha, todo esforço vale a pena.

Mar cristalino em tonalidade esverdeada em contraste com as pedras vulcânicas e com o Morro Dois Irmãos ao centro… Sabe paisagem de um quadro? Então, exatamente isso. Uma pintura de tão linda.

FERNANDO DE NORONHA BAIA DOS PORCOS

Quando em maré alta, a curta faixa de areia desaparece. ]á na maré baixa, piscinas naturais se formam e a torna uma das mais cobiçadas para a prática de snorkeling.

Ambas as praias não oferecem infraestrutura aos visitantes então, não deixe de levar água e lanchinho, além dos equipamentos de mergulho.

Pôr do Sol no Mirante do Forte do Boldró.

Para finalizar o passeio, nada melhor que um lindo pôr do sol como só vemos em Noronha. O ponto escolhido para encerrar o Ilha Tour é o Mirante do Forte São Pedro do Boldró.

FERNANDO DE NORONHA - POR DO SOL MIRANTE DO BOLDRÓ
Pôr do Sol no Mirante do Forte do Boldró.

O visual é deslumbrante e, para deixar o clima ainda mais legal, rola música ao vivo ao estilo MPB. Ao final, todos aplaudem esse espetáculo.

No local, um dos mais concorridos nesse horário do dia, apenas uma lanchonete para atender a todos os visitantes. Prepare-se para enfrentar fila caso queira consumir algo e leve dinheiro pois não aceitam cartão.

Mas e ai, vale ou não a pena fazer o Ilha Tour?

Ao final de nossa experiência, achamos que vale muito a pena. 

O Ilha tour já te transforma em um conhecedor do Arquipélago logo no primeiro dia. Após, é só escolher os locais que mais curtiu e voltar por conta própria a seu tempo.

Além de conhecer os principais pontos da Ilha, ter a companhia de um guia local para saber mais da região é o máximo.

Como se não bastasse, conhecemos pessoas incríveis que se tornaram amigos, as quais participaram de nossa trip até o final. Uma ótima opção para quem viaja sozinho ou aos que gostam de conhecer pessoas.

Em suma, recomendamos muito o Ilha Tour em Noronha. 

O passeio custa em torno de R$ 200,00 e dura 08 horas com de aproximadamente 02 horas para almoço (não incluso).

Nossa viagem foi realizada com o apoio da Noronha Brasil Viagens e Turismo mas as opiniões são de livre expressão dos autores.

Considerações sobre a Empresa Noronha Brasil Viagens e Turismo

Contamos com a assessoria da Noronha Brasil Viagens e Turismo que organizou nosso roteiro com os melhores passeios, escolheu a Pousada pensando em nosso conforto e na ótima localização, nos forneceu todas as dicas para que fizéssemos uma viagem tranquila e segura, além de tomar todo cuidado para que fosse perfeito. Apreciamos a praticidade de ter todas as nossas reservas realizadas apenas com uma Empresa e todo o carinho em prontamente nos atender todas as vezes que precisamos. Recomendamos de olhos fechados!

Para saber mais sobre os passeios, hospedagem, dicas do destino e valores, acesse o site da Noronha Brasil ou entre em contato pelos meios abaixo:
Telefone Escritório:  (84) 3217-0022
Telefone Celular: 99407-2833 (com Whatsapp )
[email protected]

Veja aqui: Dicas de como economizar em suas viagens!!! 

Gostou das dicas? Ficou com alguma dúvida ou gostaria de acrescentar algo que possa ajudar os demais viajantes? Deixe seu comentário.

Siga nossas redes sociais.

Instagram – @casalabordo_

Facebook – Casal a Bordo

YouTube – Casal a Bordo

Reserve sua hospedagem, alugue carro ou contrate Seguro Viagem através dos nossos links e banners! VOCÊ NÃO TERÁ QUALQUER CUSTO EXTRA, pelo contrário, nossos leitores GANHAM DESCONTOS e encontram os melhores preços. Com isso, os sites parceiros nos pagam uma pequena comissão e você estará nos ajudando a monetizar o nosso trabalho e continuar produzindo conteúdo gratuito e de qualidade. 

Sobre Luciana Torezan

Paulista, 37 anos, servidora pública. Muito comunicativa e curiosa, tem paixão pelos animais e pela natureza, ama conhecer lugares e vivenciar culturas diferentes. Amante de trilhas e cachoeiras, está sempre motivada a botar o pé na estrada e ir atrás de novas aventuras. Tem prazer em compartilhar dicas e é a responsável pelo conteúdo do blog e redes sociais.

Veja Também

Plataforma Dolina Água Milagrosa

Dolina Água Milagrosa Cáceres – MT

Atualizado em 27/03/2019 Avalie este Post Quem já ouviu falar na Dolina Água Milagrosa que …

2 comentários

  1. gostei muito do post,vou acompanha o seu blog este tipo de conteudo tem mim ajudado muito

    • Euclides Torezan

      Valeu mesmo amigo por nos acompanhar. Agradeço e nos colocamos a disposição para qualquer dúvida que venha ter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÃO PERCA NADA!!!
Inscreva-se em Nossa Newsletter. É Grátis
Seja o primeiro a receber as últimas atualizações e conteúdo exclusivo diretamente na sua caixa de entrada de e-mail
Inscreva-se
Experimente, você pode cancelar a inscrição a qualquer momento.
close-link