fbpx
Home / Américas / América do Sul / Chile / O que fazer no Chile – Viña Del Mar e Valparaíso

O que fazer no Chile – Viña Del Mar e Valparaíso

Atualizado em

O que fazer no Chile – Viña Del Mar e Valparaíso
5 (100%) 1 vote[s]

O Chile foi um destino que nos surpreendeu positivamente em vários aspectos. A princípio, tivemos receio pelo fato de ser um destino muito procurado no Inverno e estarmos indo no Verão. Vimos vários comentários em que pessoas diziam não valer a pena conhecer o Chile na época mais quente, mas como somos teimosos, preferimos tirar nossas próprias conclusões.

Que sorte a nossa! Nosso primeiro passeio foi para as cidades de Viña Del Mar e Valparaíso.

Relógio de flores
Relógio de flores

Há apenas 130 km da Capital Santiago, Viña Del Mar e Valparaíso formam a parte litorânea mais famosa do Chile, banhada pelo Oceano Pacífico. 

Observem um pouco esta maravilha.

O percurso é feito pela Rota 68, uma ótima estrada com poucas curvas, muito bem pavimentada e com bela paisagem. Na viagem, observamos as Cordilheiras, algumas vinícolas como a orgânica Emiliana e a Casa Del Bosque, plantações de frutas e vegetação típica da região. 

Casa Del Bosque
Casa Del Bosque

Realizamos o passeio com a Agência Turistando Chile, uma empresa brasileira de receptivo, que conta com guias / motoristas que falam português, o que facilita muito a interação. 

Fomos acompanhados do Guia Hugo, um brasileiro que reside há mais de 20 anos no Chile e que nos supriu de todas as informações e dicas, com muito bom humor. 

Mercado de Vinhos Rio Tinto

Supermercado de Vinhos Rio Tinto
Supermercado de Vinhos Rio Tinto

Nosso grupo era formado por 11 brasileiros. O translado se dá a partir  dos hotéis. Saímos por volta das 08:30 hs de Santiago e nossa primeira parada acontece na metade do caminho em um Supermercado de Vinhos chamado Rio Tinto. No local é possível tomar café da manhã, realizar o câmbio (valor bem aproximado das casas de câmbio da Rua Augustinas em Santiago), utilizar banheiros, comprar vinhos e artesanatos.

Supermercado de Vinhos chamado Rio Tinto
Supermercado de Vinhos chamado Rio Tinto

Ainda é possível degustar vinhos e azeites que são vendidos no local a ótimos preços.A economia chilena é basicamente ligada a extração de Cobre, e com isso, além da exportação, são comercializadas jóias e artesanatos, produzidos a partir do minério que são encontradas na Rio Tinto e em algumas feiras de artesanato.

Supermercado de Vinhos chamado Rio Tinto
Supermercado de Vinhos chamado Rio Tinto

Após cerca de meia hora de parada, retomamos nossa viagem com destino a Viña Del Mar. 

Caminho a Viña Del Mar

Viña Del Mar passou a ter força após 1906 quando um grande terremoto destruiu o Porto de Valparaiso e de São Francisco (USA), visto que estão na mesma placa tectônica. Enquanto reconstruíam o Porto de Valparaíso, muitos se mudaram para Viña a fim de trabalhar nos vinhedos da cidade.  

Mesmo sendo um destino praiano bastante utilizado pelos chilenos no verão, o passeio pela Cidade Jardim, como é conhecida, é mais contemplativo.

Embalse El Yeso Chile

Cidade Jardim
Cidade Jardim

Passamos por diversas partes da cidade para conhecer os prédios históricos, o calçadão a beira-mar muito florido e arborizado e as ruas bem cuidadas.

Cidade Jardim
Cidade Jardim

Algo que chama a atenção são as construções inclinadas nos morros da cidade que de longe parecem uma escadinha. Nos dirigimos para a Praia de Reñaca onde conhecemos o Restaurante Adaneva, cuja especialidade é Frutos do Mar.

Vinícola Santa Rita Chile

Restaurante Adaneva

Restaurante Adaneva
Restaurante Adaneva

O Euclides pediu Paella Del Eden e custou aproximadamente R$ 69,50 o prato.

O prato da Lu foi Lazagña de Mariscos e custou cerca de R$ 54,50.    

Pratos muito saborosos e bem servidos. A bebida não poderia ser outra: Vinho, cerca de R$ 20,00 a taça.  E para finalizar, Créme Brulee de sobremesa pelo valor aproximado de R$ 24,00.  

O Restaurante Adaneva fica de frente para o mar e tem uma vista sensacional.

Restaurante Adaneva

Depois do almoço, uma breve caminhada pelo calçadão e a possibilidade de sentir a baixa temperatura das águas do Pacífico. Alguém arrisca um mergulho? 

Praia de Reñaca

praia de Reñaca
praia de Reñaca

A praia de Reñaca é bem diferente das praias do Brasil, mas não deixa de ser linda. Areias grossas, grandes pedras e ondas fortes. Devido a força do mar, placas são espalhadas pela extensão das praias informando que a área é proibida para banho. 

praia de Reñaca
praia de Reñaca

Poucos metros a frente, encontramos uma colônia de leões marinhos tomando sol sob imensas pedras. Emocionante ver essas lindezas tão perto.

praia de Reñaca
praia de Reñaca

Museu de Arqueologia e História Francisco Fonck

Após, fomos conhecer o Museu de Arqueologia e História Francisco Fonck que foi criado em 1937 e tem como principal destaque, a coleção de peças arqueológicas e etnográficas relacionadas à misteriosa Ilha de Páscoa, incluindo um moai (estátua rapa nui) original que fica no jardim.

Museu de Arqueologia e História Francisco Fonck
Museu de Arqueologia e História Francisco Fonck

Devido ao curto tempo, não visitamos o interior do Museu mas com certeza deve valer a pena. 

Relógio de Flores

Partimos, então, para o mais famoso ponto turístico de Viña Del Mar: O Relógio de Flores. E lá, uma disputa por espaço para tentar tirar aquela foto clichê que não pode faltar.

Relógio de Flores
Relógio de Flores

Era dia 14 de Fevereiro, dia de San Valentin, no qual é comemorado o dia dos Namorados então, o amor estava no ar… hahaha. 

Chega o momento de nos despedirmos de Viña Del Mar e seguir em direção a Valparaíso.  

Valparaíso
Valparaíso

Ainda durante o caminho, o guia Hugo ia nos passando informações sobre costumes, culinária e economia da região,histórias e curiosidades de construções antigas. 

Valparaíso é conhecida como a Capital Cultural e abriga a sede do Congresso Nacional, além do mais importante Porto do Chile. 

Valparaíso e Viña Del Mar, são muito próximas, praticamente unidas mas, poucas são as semelhanças entre ambas.

Valparaíso ostenta a arquitetura de casas coloridas dispersas em seus morros que cercam a área urbana, algumas delas tombada como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, o caos e bagunça característica de cidades portuárias e respira cultura. 

Casa Museu La Sebastiana – Pablo Neruda

Subimos o Cerro e fomos direto ao ponto mais famoso da Cidade: La Sebastiana, casa do Escritor Pablo Neruda.

La Sebastiana, casa do Escritor Pablo Neruda
La Sebastiana, casa do Escritor Pablo Neruda

A antiga casa do Escritor foi transformada em museu para que seus fãs pudessem conhecer seus gostos e como vivia esse apaixonado pelo mar.

La Sebastiana, casa do Escritor Pablo Neruda
La Sebastiana, casa do Escritor Pablo Neruda

O Museu conta ainda com um café, uma loja em que são comercializados livros do poeta e souvenires, além de um mirante com vista para o Porto.

La Sebastiana, casa do Escritor Pablo Neruda
La Sebastiana, casa do Escritor Pablo Neruda

Em nosso tour, não estava inclusa a entrada nas dependências da residência devido aos muitos pontos mais a serem conhecidos mas, se você tem interesse em conhecer a fundo o local, sugerimos que pernoite na cidade e tenha um dia todo para mergulhar na cultura de Valparaíso. 

Centro da Cidade

Continuamos nosso passeio agora pelo centro da cidade. Nosso primeiro ponto de parada é a Plaza Sotomayor que é o marco do Centro Histórico de Valparaiso com suas arquiteturas grandiosas, monumentos nacionais e prédios públicos majestosos.

Plaza Sotomayor
Plaza Sotomayor
Plaza Sotomayor
Plaza Sotomayor

No centro da praça fica o Monumento a Los Heroes de Iquique, o qual celebra os soldados mortos na Guerra do Pacífico em 1879, na qual o Chile lutou contra a Bolivia e o Perú. Uma estátua do herói militar Arturo Prat coroa o pedestal do monumento e uma cripta sob o pedestal guarda seus restos mortais. 

Monumento a Los Heroes de Iquique
Monumento a Los Heroes de Iquique
Monumento a Los Heroes de Iquique
Monumento a Los Heroes de Iquique
Monumento a Los Heroes de Iquique
Monumento a Los Heroes de Iquique

Bem a frente, um imponente prédio azul chamado de Edificio Armada de Chile que abriga a Marinha do país. 

Edificio Armada de Chile
Edificio Armada de Chile

Porto de Val Paraíso

Já quase ao final de nosso passeio, nos dirigimos para o Paseo 21 de Mayo, o principal Mirante da cidade com a vista de todo o Porto de Valparaíso. ​

Porto de Valparaíso
Porto de Valparaíso
Porto de Valparaíso
Porto de Valparaíso

Junto ao mirante há um belo coreto e feirinhas com artesanatos lindos. Aproveitem para comprar neste local pois a variedade é grande e os preços mais baixos que em outros lugares. 

feirinhas com artesanatos
feirinhas com artesanatos 

E assim, encerramos nosso tour por Viña Del Mar e Valparaíso. Passeios imperdíveis para quem visita a região de Santiago. 

Esperamos que tenham gostado e caso tenham qualquer dúvida, comentário ou sugestões, fiquem a vontade.

Abraços, Lu e Euclides.

Turistando Chile

  • www.turistandochile.com.br
  • WhatsApp: +56 9 5839-4606
  • Endereço: Rua Bombero Adolfo Ossa, 1010, Escritório 616, 6º Andar, Bairro Centr, Santiago – Chile.

Detalhes sobre o passeio: Mercado do Vinho + Valparaíso + Viña del Mar

O que inclui: 

  • Translado ida e volta a partir do Hotel ou ponto previamente agendado;
  • Mercado do Vinho (Outlet do Vinho + Degustação);
  • Porto de Valparaíso;
  • Praça Sotomayor;
  • Marinha da Cidade;
  • Casa e Museu de Pablo Neruda (Visita panorâmica);
  • Mirante 21 de Maio;
  • Relógio de Flores em Viña del Mar;
  • Parada na Praia para sentir a areia e o Oceano Pacífico;
  • Museu Fonck.

O que não inclui: 

  • Almoço e qualquer ticket de entrada.

Valor:$32.000 pesos por pessoa, aproximadamente R$ 180,00 por pessoa.

Valor do passeio contratado individualmente. Para pacotes com mais passeios, valores com desconto.

* Os passeios foram patrocinados e realizados pela empresa TURISTANDO CHILE, mas as opiniões são de livre expressão dos autores.

Considerações sobre a Empresa Turistando Chile: A empresa demonstrou vasta preocupação em melhor atender todos os clientes que realizavam o tour. Os valores cobrados pela mesma são compatíveis com as demais agências de turismo da região. Recomendamos! 

Reserve sua hospedagem, alugue carro ou contrate Seguro Viagem através dos nossos links e banners! NÃO EXISTE CUSTO EXTRA, pelo contrário, GANHAM DESCONTOS e encontram os melhores preços. Com isso, os sites parceiros nos pagam uma pequena comissão e você estará nos ajudando a monetizar o nosso trabalho e continuar produzindo conteúdo gratuito e de qualidade. 

Sobre Euclides Torezan

Sul-matogrossense, 39 anos, servidor público. Um viajante nato, trilheiro, que ama animais, o contato com a natureza, trilhas e cachoeiras, esportes radicais e tudo o que envolve adrenalina. Apaixonado por motos e por tecnologia, é o responsável pelas imagens produzidas bem como edição de vídeos e do blog.

Veja Também

Entrada Transpantaneira

Pantanal Matogrossense visto através de nossos olhos

Atualizado em 08/04/2019 Pantanal Matogrossense visto através de nossos olhos5 (100%) 2 vote[s] Pantanal, quem …

2 comentários

  1. Ola. Obrigado por compartilhar! Eu amo o seu site !.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÃO PERCA NADA!!!
Inscreva-se em Nossa Newsletter. É Grátis
Seja o primeiro a receber as últimas atualizações e conteúdo exclusivo diretamente na sua caixa de entrada de e-mail
Inscreva-se
Experimente, você pode cancelar a inscrição a qualquer momento.
close-link