Formulário DS 160: Passo a passo para preencher.

Atualizado em

Aprenda a preencher o Formulário DS 160 com nosso passo a passo atualizado com fotos e solicite seu visto americano.

Imagem DS 160 VISA

Se acaso você está planejando conhecer a Terra do Tio Sam, já deve saber que só é possível com o visto americano em mãos.

Tão importante quanto a entrevista, preencher corretamente o temido Formulário DS 160 poderá determinar suas chances de sucesso na obtenção do visto de turismo americano!

Montamos um tutorial com o passo a passo atualizado com as novas mudanças de 30/05/2019, que inclusive passaram a pedir mídias sociais.

Preencher o Formulário DS 160 não é uma tarefa fácil. Devido a isso, muita gente acaba tendo dificuldades quanto ao preenchimento por ser um formulário grande, cansativo e confuso.

Em primeiro lugar, o mais importante é manter o foco.

Sobretudo, tenha muita atenção durante todo o preenchimento e faça uma leitura calma de cada tópico e cada pergunta apresentada.

Não se esqueça de ir verificando se você digitou tudo corretamente pelo menos duas vezes antes de passar para próxima página pois, qualquer erro no preenchimento do Formulário DS 160 pode comprometer todo o seu processo para adquirir o visto de turismo.

Siga o passo a passo para o preenchimento do Formulário DS 160.

Antes de mais nada, vale conhecer um pouco mais sobre o Formulário DS 160.

Ele consiste em uma série de perguntas que o governo americano faz para conhecer melhor os estrangeiros interessados em obter um visto B2 para visitar a América.

O Formulário DS 160 funciona como um funil que já começa a decidir se o candidato tem direito ao visto ou não, antes mesmo da entrevista formal no consulado americano, ficando esta condicionada a um Formulário DS 160 idealmente preenchido.

Sendo assim, declare somente coisas que possam ser comprovadas, evitando colocar dados desnecessários.

1° Passo: Preenchimento do Formulário DS 160.

O preenchimento do Formulário DS 160 é totalmente eletrônico e inicia-se através do requerimento online para o visto de não imigrante (Online Nonimmigrant Visa Application).

O formulário é todo em inglês e pode ser acessado clicando aqui.

Todas as informações devem ser verdadeiras, claras e coerentes. Contudo, nunca deixe de prestar uma informação por achar que ela não é suficientemente necessária. Lembre-se que você será avaliado através do formulário.

Caso não tenha segurança para o preenchimento em língua inglesa, saiba que existem empresas especializadas na assessoria para obtenção do visto americano para brasileiros que poderão realizar esse preenchimento para você.

Antes de iniciar o preenchimento do Formulário DS 160, tenha em mãos uma versão virtual de duas fotografias suas e documentos pessoais, bem como todos os documentos que possam comprovar o seu vínculo com o Brasil.

A fim de te auxiliar na escolha dos documentos que comprovam seus laços com o Brasil, sugerimos alguns exemplos a seguir.

Pode ser desde o comprovante de matrícula (seu ou de seus filhos) até o seu extrato bancário, documentos trabalhistas, comprovantes de vínculos funcionais, investimentos, escritura de imóvel, documento de propriedade de veículo e tudo mais que mostre que você tem interesse em retornar ao Brasil no fim de sua viagem.

Entenda que o objetivo do preenchimento do DS 160 é mostrar ao governo americano que você é de fato um turista e não pretende se mudar ilegalmente para os Estados Unidos.

Especificações para a foto.

As fotos a serem acrescentadas ao Formulário DS 160 devem obrigatoriamente:

  • Ter sido tirada nos últimos seis meses, desde que a características apresentadas na foto continuem as mesmas quando houver a solicitação ao visto.
  • Ter 5cm x 5cm, com a cabeça centralizada no espaço.
  • As fotos podem conter uma margem branca pequena (de cerca de 0,5cm);
  • Ser colorida com fundo branco ou cinza claro. Fotos com fundo poluído, estampado ou escuro não serão aceitas.
  • Não serão aceitas fotos sorrindo.

Início do Preenchimento do Formulário DS 160

Para começar, deve-se selecionar, do lado direito da página, a localidade onde prefere fazer a entrevista para a solicitação do Visto Americano.

Ao escolher “Brasil”, você deverá optar por uma das 5 opções de cidades brasileiras que possuem o consulado americano ou a embaixada. Sendo assim, escolha a que melhor lhe for conveniente, dentre as quais São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre e Recife.

start formulário ds 160

Nesta página, há uma janela com um código aleatório gerado automaticamente, o qual deverá ser preenchido corretamente antes de clicar em “START AN APPLICATION”, ou “Iniciar um Formulário”.

Pergunta de Segurança.

A página a seguir será a primeira do Formulário DS 160. Nesta, você deve escolher uma pergunta de segurança para ajudá-lo a recuperar a conta. Lembre-se de sempre anotar todas as informações caso venha precisar.

pergunta secreta formulário ds 160

Muito Importante: Anote o número de sua aplicação – “YOUR APPLICATION ID“, pois, você precisará dele para continuar o preenchimento do Formulário DS 160 caso opte por interromper o preenchimento em qualquer tempo. Após, clique em “CONTINUE”.

Formulário DS 160 – Informações Pessoais, parte 1.

Logo em seguida, aparecerá a página onde deverá preencher o seu nome.

No primeiro campo “SURNAMES”, preencha com seus sobrenomes conforme consta no Passaporte. No segundo campo “GIVEN NAMES”, coloque seu primeiro nome. Por último, no campo de “FULL NAME” é onde deverá inserir seu nome por extenso.

Isso ocorre porque o visto americano é confeccionado de acordo com o costume estadunidense de tratar a pessoa pelo nome da família, ao invés do nome dado, que seria o prenome no caso brasileiro.

Importante ressaltar que todas as informações devem ser iguais às do passaporte.

Lembre-se de não inserir em nenhum campo caracteres especiais, inclusive acentos. Os nomes acentuados devem ser escritos de forma limpa e a letra “ç” deve ser substituída por “c”.

informações pessoais formulário ds 160

A seguir, você deverá incluir outros nomes que você possa ter usado formalmente ou legalmente no Brasil ou em outros países. Isso vale para nomes de solteiro ou de casado, ou qualquer outra alteração que tenha ocorrido.

Existe um espaço para adicionar seu nome social, se tiver algum, mas apenas se já foi legalizado e você tenha documentos para comprovar.

Continuando, você deverá inserir seu gênero, estado civil, o dia e local de nascimento. Observe que a data deve seguir o padrão DIA/MÊS/ANO, exatamente como fazemos no Brasil.

Se acaso você nasceu em outro país e tem nacionalidade brasileira naturalizada, lembre-se de selecionar com exatidão. Para esses casos, terá uma página futura que solicitará mais detalhes.

Se atente às observações constantes do lado direito da tela. É interessante lê-las para entender o que exatamente cada campo pede que seja preenchido. Assim, evitará respostas dúbias ou erros que possam prejudicar a avaliação do seu Formulário DS 160.

Facilite o preenchimento utilizando a tradução.

Note que, ao passar o mouse em cima do título de qualquer campo da página, uma tradução da mesma aparecerá na tela.

Utilize essa ferramenta para facilitar o preenchimento do Formulário DS 160, mesmo que você saiba inglês, pois alguns campos podem conter denominações distintas da tradução literal.

Formulário DS 160 – Informações Pessoais, Parte II

Nesta etapa, outras informações pessoais serão solicitadas acerca da sua nacionalidade e de possível residência permanente em outros países que não seja aquele de sua nacionalidade.

Primeiramente, selecione seu país de origem. Marque “não” nas duas perguntas a seguir se você é um brasileiro nato e se não é residente permanente em outro país diferente do Brasil.

informações pessoais parte 2 formulário ds 160

Os próximos campos exigem atenção.

O “NATIONAL IDENTIFICATION NUMBER” se refere ao número do seu CPF. Caso o formulário DS 160 for para solicitação de visto americano de uma criança que não possui CPF, deverá ser inserido o CPF dos pais.

Os campos em seguida cabem apenas àqueles que possuem um ID americano ou pagam taxas para o governo dos Estados Unidos. Se não for o seu caso, marque o quadrante que diz “DOES NOT APPLY”.

Esse quadrante pode ser selecionado em outras perguntas do Formulário DS 160, no caso de informações que não condizem com a sua realidade no Brasil ou que você não tem como saber para preencher.

Formulário DS 160 – Travel Information.

A próxima página do Formulário DS 160 é muito importante pois se trata do tipo de visto e interesses.

O primeiro campo é sobre o tipo de visto que combina melhor com a sua situação. Se acaso sua pretensão for apenas viagem a turismo, selecione a categoria de classe “B”, e após isso, selecione o tipo “B1/2”.

Entretanto, se estiver indo para os Estados Unidos para fazer um intercâmbio, por conta de negócios ou outra situação, acesse o site da Embaixada dos Estados Unidos e confira corretamente qual tipo de visto deverá selecionar.

É importante não errar e acabar selecionado o visto errado, porque você precisa provar as exigências que cada modelo de visto necessita.

informações da viagem formulário ds 160

Logo após, será solicitado mais informações sobre a sua viagem. Aqui você precisará adicionar a data que pretende chegar aos Estados Unidos, a quantidade de dias, semanas ou meses que pretende no país.

Mas se você não conseguir afirmar datas precisas não há problema. Basta preencher uma data aproximada, conforme nota de explicação ao lado direito da tela.

Uma dica: no buscador abaixo, você pode fazer uma cotação dos valores de passagem aérea e assim, ter noção dos preços para a época escolhida.

Formulário DS 160 – Endereço nos Estados Unidos.

Ainda na mesma página, você deverá inserir o endereço de onde ficará nos Estados Unidos, podendo ser na casa de uma pessoa ou hotel.

Esta resposta demanda um certo cuidado visto que, se você já tiver alguma reserva em Hotel e inserir informações precisas da localidade, as autoridades podem entender mal sua postura de já possuir reservas sem ainda ter o visto americano aprovado.

Muitas agências especializadas em assessoria no preenchimento do Formulário DS160, orientam que apenas preencha o campo “STREET ADDRESS” com a frase “HOTEL EM ORLANDO” por exemplo, ou Hotel + o nome da cidade que pretende visitar.

Formulário DS 160 parte 6

Após, insira o nome da Cidade e Estado nos respectivos campos e, os números “5555555555” no campo “ZIP CODE“. O mesmo pode ser feito no caso de você realmente não possuir reservas em hotéis na cidade para onde pretende viajar.

Conforme dito anteriormente, essa é apenas uma orientação de agências especializadas. Contudo, se você preferir preencher esta página com informações exatas do Hotel onde se hospedará, também poderá fazer.

Formulário DS 160 – Acompanhantes ou familiares.

A página seguinte do Formulário DS 160 questiona se existem outras pessoas que viajarão com você. Se acaso houver, você precisará informar quem são cada uma elas.

companhias da viagem formulário ds 160

Assim, será necessário inserir o nome da pessoa que irá te acompanhar, bem como seu relacionamento com a referida pessoa.

É importante marcar em cada Formulário DS 160 preenchido separadamente, os seus familiares acompanhantes de viagem que solicitam no mesmo período que você. Isso aumenta imensamente a chance de todos os seus vistos serem concedidos.

Com relação à pergunta “ARE YOU TRAVELING AS PART OF A GROUP OR ORGANIZATION“, você deverá marcar que sim no caso de estar viajando com um Grupo ou Organização.

Se acaso selecionar SIM, abrirá um novo campo onde deverão ser inseridas informações sobre o respectivo grupo. Aliás, importante ressaltar que, viajar por agências de viagens não quer dizer que você está viajando por um Grupo ou Organização.

No caso de estar viajando com diversas pessoas, basta clicar em “ADD ANOTHER” para inserir informações do próximo acompanhante.

Se você pretende viajar com toda a família, com toda certeza o melhor é realizar a solicitação do visto americano para todos de uma única vez, reduzindo assim a chance de negativa. Contudo, cada membro deverá ter um formulário DS 160 preenchido.

Formulário DS 160 parte

Também é válido observar a opção de “SAVE” disponível ao final de cada página do Formulário DS 160, ou seja, basta clicar para salvar suas informações para continuar a responder o formulário em outro momento.

Formulário DS 160 – já realizou viagens anteriores para os EUA.

A seguir, a próxima página do Formulário DS 160, é dividida em perguntas simples de “sim” ou “não” acerca do seu passado com os Estados Unidos.

É importantíssimo deixar isso claro nas suas respostas para que os Oficiais não neguem o visto durante a entrevista formal, ao constatar inconsistências entre o que você disse e a verdade.

As primeiras perguntas querem saber se você já esteve alguma vez nos Estados Unidos ou se alguma vez já possuiu algum tipo de visto americano. Detalhe que aqui não é apenas sobre o visto B/2, mas sim sobre todos os tipos de vistos americanos.

A terceira pergunta questiona se alguma vez já teve um pedido de visto americano recusado ou se foi recusada sua entrada no país.

Se acaso isso já lhe aconteceu, obviamente o Governo americano já sabe e provavelmente seu nome está em uma base de dados específica para isso. Então, lembre-se de não faltar com a verdade durante o preenchimento do Formulário DS 160.

Formulário DS 160 – Dados de endereço e contato.

Na sequência, você terá que disponibilizar mais informações pessoais relativas à sua vida no Brasil, como seu endereço residencial, bem como o endereço para envio postal, se for diferente de sua residência habitual.

Marque corretamente pois, no caso de ter o visto concedido, o passaporte poderá ser enviado para o endereço que você informar neste campo.

Não é necessário que seja o seu endereço para entrega do passaporte, mas sim algum endereço em que sempre terá alguém disponível para o recebimento.

Um exemplo foi a entrega do nosso passaporte. Pelo fato de trabalhar o dia todo e não ficar ninguém em casa, informamos o endereço de um amigo que mora em um condomínio e isso garantiu que sempre teria alguém para receber os documentos.

endereço pessoal

Após o preenchimento dos endereços, você deverá inserir seus números de telefone ou celular. A comunicação e a comprovação de suas informações ficará mais fácil se esses campos serem preenchidos corretamente.

Formulário DS 160 – Mídias Sociais

Desde 30/05/2019, esse novo questionamento foi adicionado ao Formulário DS 160 visto que agora, o Governo Americano está interessado em saber mais sobre a sua vida pessoal como um cidadão.

Mas não se preocupe pois é apenas em relação a como você enxerga publicamente os Estados Unidos.

Essa página se destina a saber sobre todas as redes sociais que possui em seu nome.

dados das mídias sociais

Importante ressaltar que todas as redes sociais em que você tem presença ativa devem ser mencionadas no Formulário. O peso dessas informações dobra se você for um influencer e principalmente se for reconhecido na internet.

Apesar de parecer uma invasão de privacidade e até assustar aquelas pessoas inspiradas em teorias da conspiração, saiba que o governo americano não tem interesse em te monitorar ou te perseguir pela internet afora.

Isso tudo é para que os bancos de dados cruzem as informações dadas para constatar se você denigre a imagem do país na internet, perpetua discursos de ódio e violência contra o governo e seus nomes, bem como se você fere verbalmente ou simbolicamente o patriotismo americano ou se tem tendências terroristas.

Lembre-se de que você está aplicando um visto de turismo para um país que já sofreu muito com ataques terroristas então, é de se esperar que eles tomem essa medida de proteção para tentar amenizar as chances disso acontecer novamente.

Formulário DS 160 – informações do Passaporte.

A próxima página do Formulário DS 160 pede mais informações sobre o seu passaporte.

Caso ele seja um passaporte comum, marque a opção “Regular”. Após, você deve adicionar o número de seu passaporte e o local onde o documento foi emitido.

Além disso, deve ser informada as datas de emissão e vencimento do passaporte, sempre seguindo as informações constantes no documento.

Formulário DS 160 – Contatos nos Estados Unidos.

Nesta etapa do Formulário DS 160 você deverá informar se existe algum contato, de pessoas ou organizações, nos Estados Unidos. Como exemplo, esses contatos podem ser um membro de família, amigo que reside no país ou até mesmo um empregador.

Caso você não tenha nenhum contato, você seleciona a caixa “DO NOT KNOW” e preenche o próximo campo com o nome do Hotel que irá ficar, ou apenas “HOTEL EM (NOME DA CIDADE)“, da mesma forma como feito anteriormente.

Se acaso quiser pesquisar hotéis ou verificar o preço de hospedagens nos Estados Unidos, clique no botão abaixo e tenha acesso a milhares de hotéis no mundo com excelentes tarifas.

Vai viajar e precisa reservar um hotel ou pousada?

Alugando pelo nosso link você não paga nada mais por isso e ainda ajuda a manter o conteúdo do blog atualizado.

Faça uma cotação online no Booking, comparando o preço nas melhores pousadas e hotéis, é só clicar no botão.
 

Formulário DS 160 – Informações de familiares.

A página a seguir pede informações acerca de seu parentesco. Insira os nomes de seus pais conforme consta em seus documentos e responda se algum deles está nos Estados Unidos.

Se você não souber responder algo ou não tiver alguma das informações, você poderá marcar o campo “Do Not Know”.

A pergunta à baixo questionará se você tem alguma família residindo nos Estados Unidos. Seja cônjuge, irmão ou filhos, com exceção dos pais.

Formulário DS 160 – Ocupação Principal.

Agora, você deverá inserir no Formulário DS 160, informações sobre sua ocupação principal no Brasil.

Selecione a opção que define sua principal ocupação, devendo informar a seguir o nome, endereço e telefone de contato do local onde trabalha ou estuda.

Em seguida, inclua a data de início do seu trabalho nesta organização ou quando começou a estudar no local. Na caixa abaixo, insira seu salário mensal percebido no momento.

No caso de ser apenas estudante, selecione “DOES NOT APPLY“.

É interessante poder confirmar sua renda para que o governo americano saiba que você poderá pagar por toda a extensão da sua viagem, e que você não tem interesse ou necessidade alguma de ficar ilegalmente no país.

Mostrar um vínculo válido com o Brasil tornará todo o processo de emissão do visto mais simples.

No campo “BRIEFLY DESCRIBE YOUR DUTIES”, responda de forma sucinta qual sua ocupação.

Formulário DS 160 – Ocupações Anteriores.

Agora, você deverá inserir no Formulário DS 160, informações sobre trabalhos anteriores ou cursos nos últimos 5 anos.

Informe se você trabalhou anteriormente em outro local e se você cursou alguma instituição de ensino de nível secundário ou superior.

Selecione a opção que define sua ocupação, devendo informar a seguir o nome, endereço e telefone de contato do local onde trabalhou ou estudou. Se acaso quiser inserir mais alguma ocupação, clique em “ADD ANOTHER

Formulário DS 160 – Segurança e Segundo Plano.

Por fim, a última parte de preenchimento do Formulário DS 160 se baseia em perguntas de segurança divididas em cinco partes.

Perguntas com respostas “sim” ou “não” são feitas a fim de assegurar a segurança dos Estados Unidos e dos indivíduos que residem no território. Por exemplo, questionam se você pretende entrar nos Estados Unidos carregando bombas ou armas e ferir alguém, se tem alguma doença que coloca em risco a população e se tem envolvimento com terrorismo.

Algumas das perguntas são um tanto estranhas pois, obviamente ninguém que vai entrar no país usando uma arma iria declarar sua intenção em um formulário destinado aos agentes de imigração.

Contudo, acreditamos que tais respostas possam servir como agravante no caso de alguém praticar atos ilícitos após sua entrada no país.

Formulário DS 160 – Conferência de todas as informações

Após preencher todas as informações, será apresenta uma revisão com todas as respostas que foram dadas.

Preste muita atenção nesta etapa e caso algo esteja errado, este é o momento de alterar.

Estando todos os dados corretos, chegou o momento de assinar digitalmente o Formulário DS 160 e enviar.

No campo “DID ANYMOR ASSIST YOU IN FILLING OUT THIS APPLICATION”, está perguntando se você teve auxílio de alguém para responder o Formulário.

Sempre responda “NÃO“, mesmo que você esteja preenchendo para outra pessoa, a não ser que seja um menor de idade.

Ao final, informe o número de seu passaporte, insira o código no campo e clique em “SIGN AND SUBMIT APPLICATION

Formulário DS 160 – Página de Confirmação.

Ao finalizar o preenchimento do Formulário DS 160, uma página de confirmação abrirá e você deverá imprimir e salvar esse comprovante.

Tal documento deverá ser levado no dia da Entrevista no consulado, não sendo aceito print.

Se acaso estiver aplicando para o visto de outros familiares, este é o momento de criar novas aplicações. Conforme dito anteriormente, cada pessoa da família deve ter um Formulário DS 160 preenchido.

Alguns posts que podem ajudar na organização de sua viagem:
Quanto custa uma viagem para Disney.
Duty Free: Regras da Alfândega para compras
Black Friday nos Estados Unidos: 7 dicas infalíveis.

2º. Passo – Criar uma conta para agendamento.

Concluído o preenchimento do Formulário DS 160, você deverá criar uma conta para poder gerar a taxa a ser paga.

A conta é criada no site oficial de informação e agendamento do visto americano de não imigrantes e pode ser acessado clicando aqui.

Você deverá clicar em “INICIE SUA SOLICITAÇÃO” e após, selecionar a opção “Completei o fomulário de solicitação para o Visto Americano de Não Imigrante (DS-160) e preciso solicito o visto”

Se acaso estiver solicitando o visto americano para sua família, lembre-se de criar a conta em nome da pessoa que recebe o maior salário e tenha vínculos mais fortes com o Brasil.

Após preencher o formulário de registro com os dados de nome, sobrenome, e-mail e senha, um e-mail será enviado para o endereço cadastrado com um link de ativação da conta. 

Lembre-se de anotar o número de sua aplicação e senha de acesso à conta pois você irá precisar em um momento futuro.

Os demais passos somente são possíveis após a ativação da conta via e-mail. Contudo, se você não recebeu o referido e-mail, clique em reenviar.

Depois de ativar a conta, você irá registrar cada solicitante, informando os dados pessoais, se já teve visto americano anteriormente e se reside em outro país mas está solicitando o visto pelo Brasil.

Após preencher a informação do primeiro solicitante, você deverá clicar em criar solicitante para inserir as demais pessoas de sua família. Você apenas deverá inserir outros solicitantes se já tiver preenchido o Formulário DS 160 de cada um deles.

A seguir, você deverá informar como deseja receber seu passaporte com o visto. Há duas opções: retirar no CASV ou receber em seu endereço. Lembre-se de, neste campo, inserir um endereço onde sempre tenham pessoas disponíveis para o recebimento do documento

3º Passo: Taxa.

Assim que você terminar de preencher os dados da conta com as informações, será gerada uma guia no valor de 160 dólares para cada pessoa, sendo informado o valor total do grupo em reais.

O pagamento poderá ser feito com cartão de crédito internacional, habilitado para compras no exterior. Mas é importante frisar que cartões emitidos por bancos virtuais podem não ser aceitos nos Estados Unidos.

Há ainda a opção de realizar o pagamento da taxa através de boleto bancário, contudo, a confirmação do pagamento leva um tempo maior do que quando pago em cartão de crédito.

O boleto é aceito em qualquer agência bancária, lotérica ou via Bank Line.

Após, clique em “FAZER DOWNLOAD DAS INSTRUÇÕES” para salvar o boleto em alguma pasta em seu computador.

4° Passo: Agendamento.

Depois que o pagamento da taxa tiver sido confirmado, o agendamento de sua entrevista formal poderá ser realizado online e você poderá escolher uma das cidades disponíveis.

Da mesma forma, você também fará o agendamento para a coleta de dados (foto e impressões digitais) nos Centros de Atendimento ao Solicitante de Visto USA (CASV), que é feita antes da entrevista.

No Brasil são cinco locais que podem ser escolhidos para realizar sua entrevista, quais sejam: a Embaixada Americana em Brasília e os Consulados de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Recife.

No momento da geração do boleto já é possível saber a data mais próxima para o agendamento. Um exemplo é que quando foi realizada a simulação dia 24/10/2019, já tinha data disponível para dia 25/10/2019.

Por fim, imprima a confirmação de seu agendamento pois será necessário apresentar este documento na data da entrevista.

5º Passo: O CASV e a entrevista.

Na data agendada, o solicitante deverá comparecer ao CASV escolhido portando o passaporte e a página de confirmação impressa do Formulário DS 160 para a coleta de dados biométricos (impressão digital e foto).

Mesmo havendo a coleta de foto digital, se previna levando consigo a sua fotografia nas especificações anteriormente informadas, visto que pode ocorrer algum erro ou falha no sistema.

Finalmente, chega o momento mais tenso de todo o processo: a entrevista formal.

Geralmente são poucas perguntas feitas pelo Oficial da Embaixada ou do Consulado Americano.

Entretanto, se o Oficial suspeitar de algo que foi preenchido no Formulário DS 160 ou por conta de alguma declaração, você poderá ser questionado com maior rigor.

Em suma, as perguntas são relacionadas a seu trabalho, motivo de sua viagem, sobre seus recursos financeiros, etc.

Primordialmente, lembre-se de responder somente o que lhe for perguntado. Não procure puxar assunto, desviar o foco da pergunta e não omita informações. Isso pode fazer com que seja prejudicado.

Ademais, mantenha a calma, seja claro e objetivo em suas respostas. Fale sempre a verdade e foque em confirmar a veracidade das informações que você apresentou em seu formulário DS 160.

Acima de tudo, leve consigo toda a documentação que comprove seu vínculo com o Brasil e tudo mais que você usou no preenchimento do Formulário DS 160. Caso qualquer documento seja solicitada pelo Oficial, apresente-o.

No caso de seu visto americano ser aprovado, você saberá no momento da entrevista pois seu passaporte ficará retido para a confecção do visto.

Quem não precisa fazer entrevista?

A entrevista é obrigatória aos requerentes do visto, salvo pessoas com idade inferior a 14 anos ou acima de 79 anos.

Além disso, Brasileiros e Argentinos residentes no Brasil, solicitando renovação de visto B1/B2  (negócios/ turismo) pela primeira vez, com idade inferior a 14 anos ou acima dos 79 anos e que nunca tiveram um pedido de visto recusado, em geral não necessitam agendar entrevista no Consulado ou Embaixada.

Entretanto, apesar de não precisarem coletar as impressões digitais, deverão realizar um agendamento para o Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV) para a entrega da documentação.

Inclusive a documentação poderá ser levada pelo solicitante ou qualquer outra pessoa. Todavia, a seção consular se reserva ao direito de chamar os solicitantes para uma entrevista, caso julgue necessário.

6° Passo: A Entrega do Visto.

Caso seu visto seja aprovado, o seu passaporte será retido e posteriormente devolvido para você em até 10 dias úteis.

O endereço constante no Formulário DS 160 é para onde o seu passaporte retornará, então, ele deve ser de um local onde sempre tenha alguém disponível para o receber o passaporte.

Caso contrário, após algumas tentativas de entrega frustrada, o documento será devolvido ao remetente.

Além disso, existe ainda a possibilidade de retirada em um CASV, devendo ser previamente escolhida, se for o caso.

Você também pode acompanhar a entrega do passaporte utilizando o usuário e senha que foi criado na etapa de geração do boleto.

Qual a validade do visto americano?

O Visto Americano tem validade de 10 anos. Caso seu passaporte vença antes desse período, precisará viajar com os dois passaportes em mãos, o vencido com o visto americano e o novo pois, não é possível transferir o visto de um para o outro.

7º Passo: A Viagem!!!

Com visto americano concedido, chegou o momento de organizar sua viagem. E para isso acontecer da melhor forma, vamos te passar algumas dicas e links úteis.

Seguro Viagem.

Uma das coisas que achamos essencial em todas as viagens para fora do país é o seguro viagem. Nos Estados Unidos não existe sistema público de saúde como no Brasil e qualquer emergência médica pode ser tornar um transtorno e acarretar gastos não previstos.

Além disso, como as compras no país são praticamente irresistíveis, uma boa cobertura de seguro viagem irá proteger sua bagagem contra danos e extravios.

Neste link, temos um post explicando o motivo que se torna praticamente obrigatório o Seguro Viagem.

Após diversas pesquisas, firmamos parceria com uma empresa confiável e que oferece excelentes valores e coberturas, de modo a oferecer esses benefícios para nossos leitores. Com isso, conseguimos descontos que deixam os valores ainda mais atrativos.

Então, clique no botão abaixo, faça sua cotação e viaje tranquilo.

Sabia que Seguro Viagem é essencial para sua segurança no exterior?

Sendo assim, fizemos uma parceria com o maior comparador de seguros viagem.

Leitores do Casal a Bordo tem no mínimo 10% de desconto. É só clicar no botão.

Chip de internet nos Estados Unidos.

Sempre viajamos conectados e assim, conseguimos compartilhar tudo em tempo real no Instagram.

Para isso, utilizamos o Chip de Viagem, o qual recebemos em casa antes mesmo da viagem. Chegando no destino, é só colocar no celular e navegar.

Você pode saber mais sobre os planos clicando no botão abaixo.

Quer internet de qualidade durante sua viagem?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com as melhores empresas, você sempre terá um preço diferenciado. Clicando no botão abaixo você compra qualquer chip e recebe em casa, e assim passa a ter conexão em diversos países.

 

Permissão Internacional de Dirigir: Ter ou não ter?

PID permissao internacional para dirigir
Habilitação internacional.

Uma das perguntas mais frequentes de nossos leitores é sobre a necessidade ou não de possuir a Permissão internacional para Dirigir (PID), Carteira Internacional de Habilitação para dirigir no exterior.

Sendo assim, escrevemos um post onde explicamos quais países são obrigatórios, bem como as vantagens em se ter uma. Clique no link abaixo para conferir.

Mas nos Estados Unidos não é obrigatória a PID, sendo válida somente a habilitação brasileira. Então, contrate aqui a locação de seu veículo e ainda nos ajude a manter o blog sempre atualizado.

Que tal alugar um carro pelo melhor preço?

Você pode alugar com até 60% de DESCONTO, parcelar em até 12X pelo cartão de crédito e o melhor, se for para fora do País não precisa pagar IOF, economizando mais 6,38%

Faça uma cotação online na RentCars.com, comparando o preço das melhores locadoras. É só clicar no botão.
 

Já tem o Visto Americano? Saiba como fazer o Visto Eletrônico Canadense.

ETA Canadá
Visto Canadense Eletrônico

Agora que já tem o visto americano, basta clicar no link abaixo onde explicamos como fazer o Visto Eletrônico Canadense.

Caso queira ver todo conteúdo que temos dos Estados Unidos, então basta clicar no link abaixo para ver todo nosso conteúdo.

Então, conseguiu preencher seu Formulário DS 160? Tem mais alguma dúvida? Deixe seu comentário pois teremos o maior prazer em ajudar.​

Agora é só curtir!!! Aproveite nossos links ao final do post e economize em reserva de hospedagem, passagens aéreas, locação de carro e seguro viagem.

Toda vez que você reserva algum produto através dos links/Banners encontrados no Blog, nós ganhamos uma pequena comissão. NÃO EXISTE CUSTO EXTRA para você, e ainda nos ajuda a continuar produzindo conteúdo de qualidade e a manter o blog no ar.
Nós agradecemos seu apoio.

HotelReserve seu Hotel com as melhores tarifas
Aluguel de CarroAluguel de Carro até 60% de desconto
Seguro ViagemSeguro Viagem com Desconto
Chip CelularChip de Celular com até 25% de desconto
AviãoPassagens com até 35% de Desconto

Siga nossas redes sociais.

Euclides Torezan

Sul-matogrossense, 39 anos, servidor público. Um viajante nato, trilheiro, que ama animais, o contato com a natureza, trilhas e cachoeiras, esportes radicais e tudo o que envolve adrenalina. Apaixonado por motos e por tecnologia, é o responsável pelas imagens produzidas bem como edição de vídeos e do blog.

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Oi! Estou preenchendo o DS160 e tenho uma dúvida… estou indo por 10 dias para a Califórnia para o casamento de um amigo (brasileiro e está legalmente lá), então tenho um “contato” lá, mas não vou ficar hospedado na casa dele, vou ficar em hotel (só vou reservar após ter o visto)… mesmo assim eu cito o nome dele e o endereço dele?
    Obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
NÃO PERCA NADA!!!
Inscreva-se em Nossa Newsletter. É Grátis
Seja o primeiro a receber as últimas atualizações e conteúdo exclusivo diretamente na sua caixa de entrada de e-mail
Inscreva-se
Experimente, você pode cancelar a inscrição a qualquer momento.
close-link
Fechar
Fechar