Grand Canyon: um guia completo para sua visita

Parque Nacional do Grand Canyon: Saiba quando ir, onde ficar, quanto custa, atividades e passeios, acampamento dentro do parque nacional e muito mais.

Mirante do Grand Canyon lado Sul

O Parque Nacional do Grand Canyon no Estado do Arizona, foi tomando forma durante milhares de anos, sendo o Rio Colorado um dos responsáveis por sua formação.

Seus desfiladeiros tem desenhos impressionantes e uma coloração espetacular. Possui uma extensão de 446 km, chegando a alcançar 30 km de largura e 1.800m de profundidade.

Devido a proximidade com Las Vegas, torna-se um passeio praticamente obrigatório aos viajantes desta região.

Viagem de Motorhome pelo oeste dos Estados Unidos

Conhecemos o Parque Nacional do Grand Canyon em Novembro de 2019, durante nossa viagem de motorhome pelo oeste dos Estados Unidos.

joshua tree national park california motorhome
Joshua Tree National Park, Califórnia.

Durante 16 dias, percorremos aproximadamente 4.500 km, passando por 4 Estados americanos e 7 parques nacionais, sendo o Grand Canyon o nosso terceiro destino após deixar a região de Los Angeles.

Essa foi nossa terceira viagem de motorhome e temos paixão pela liberdade e vivência que esse tipo de viagem proporciona.

Se você tem vontade de viver essa experiência a bordo de um motorhome, saiba que você pode fazer uma cotação bem como reservar sua casa sobre rodas a partir de nosso blog, bastando clicar aqui.

de motorhome pela rota 66
De motorhome pela Rota 66

Além disso, elaboramos o e-book “Motorhome: Guia Completo” onde descrevemos todas as etapas desde a escolha do veículo até a operação de suas funcionalidades.

Se acaso optar por reservar seu motorhome através de nosso link, poderá contar conosco para ajudá-lo desde o planejamento até mesmo sanar dúvidas durante sua viagem.

Se preferir, entre em contato conosco pelo e-mail contato@casalabordo.com.br.

Aproveite para conferir o roteiro que fizemos durante 11 dias de motorhome pela Flórida.

Nosso roteiro de Motorhome pelo Oeste Americano

Aqui, deixamos a lista de posts que já escrevemos sobre a viagem de motorhome pelo Oeste Americano.

Neles, você poderá verificar todos os destinos pelos quais passamos, bem como as dicas de cada um deles.

No post roteiro de motorhome pelos Estados Unidos, contamos resumidamente como foi nosso percurso por 4 Estados Americanos, e nos demais, os posts detalhados sobre cada destino. Não deixe de conferir:

Roteiro incrível de Motorhome pelos Estados Unidos
Rota 66 e Calico, uma cidade fantasma na Califórnia
Conheça o Joshua Tree National Park, Califórnia
Horseshoe Bend: a famosa ferradura no Arizona

Lower Antelope Canyon: as incríveis ondas vermelhas do Arizona
Bryce Canyon National Park, Utah: beleza sem igual
Zion National Park: Tudo o que saber antes de visitar

Seguro Viagem

Esse assunto que colocamos em praticamente todos os posts tem uma razão, os valores que são cobrados pelo tratamento médico nos Estados Unidos são impraticáveis para nós, sendo assim, recomendamos sempre que seja feito um seguro viagem para caso de imprevistos.

Somos viajantes frequentes para o exterior desde 2014, sendo que nunca viajamos sem este tipo de cobertura. Graças a Deus, até hoje não necessitamos acionar os serviços deles, mas caso seja necessário, sabemos que não iremos passar por sufoco.

Após estes anos de viagem, adquirimos experiência, e acabamos achando um dos que para nós é o melhor comparador de seguros viagem, a Real Seguros.

O melhor é que através de nosso link, ainda conseguimos mais 10% de desconto para nossos leitores.

Pense bem nesse assunto e calcule todos os custos que uma viagem envolve.

Garanta seu desconto de 10% em seu Seguro Viagem Internacional

Onde fica o Parque Nacional Grand Canyon?

O Grand Canyon National Park fica ao norte do Estado do Arizona, aproximadamente 360 milhas do Parque Nacional de Joshua Tree e a 486 milhas de Los Angeles.

Seu acesso pode ser realizado através das entradas North Rim, South Rim e pela Grand Canyon West.

Grand Canyon West

A entrada pelo Grand Canyon West, é a mais conhecida devido sua proximidade com Las Vegas. Mas na verdade, esta entrada não fica dentro do parque nacional, mas sim dentro de uma reserva indígena.

Encontra-se a aproximadamente 197 km de Los Angeles, o que permite a realização de bate e volta em apenas um dia. Também é nela que se encontra a passarela de vidro Skywalk.

Coloque no GPS Grand Canyon West Airport, que é onde você terá que estacionar. A seguir, veja a distancia desse ponto para algumas cidades da região:

Las Vegas, Nevada (LAS) – 122 milhas/ 197 Km -2:00h
Flagstaff, Arizona – 227 milhas/ 365 Km – 3:40h
Phoenix, Arizona – 274 milhas/442km – 4:30h

Caso prefira, também é possível realizar esta excursão de ônibus saindo de Las Vegas, bastando acessar aqui para saber valores, itens inclusos e realizar sua reserva antecipada.

Grand Canyon South Rim

Grand Canyon South Rim fica dentro do Parque nacional do Grand Canyon e é uma das entradas mais acessíveis e indicadas a quem está indo conhecer pela primeira vez.

entrada do South Rim grand canyon

A entrada para a borda sul fica a aproximadamente 450 km de Las Vegas, sendo que oferece 12 mirantes e diversas trilhas. Este lado do parque fica aberto durante todo ano e costuma ficar lotado no verão, entre os meses de junho a agosto.

Atenção: Coloque no GPS Grand Canyon Village, AZ ou Tusayan, AZ. Abaixo, distância da entrada para algumas cidades da região:

Williams, Arizona – 60 milhas/ 97km – 1:00h
Flagstaff, Arizona – 80 milhas/ 128 Km – 1:30h
Phoenix, Arizona – 224 milhas/ 361 km – 3:40h
Las Vegas, Nevada – 277 milhas/ 445 Km – 4:30h

Contudo, se não quiser dirigir, existe a possibilidade de realizar o percurso saindo de ônibus a partir de Las Vegas, incluso café da manhã e almoço.

Este passeio tem uma duração de aproximadamente 15 horas contando o tempo de deslocamento, entretanto, aproximadamente 3 horas são destinadas a conhecer o Parque Nacional Grand Canyon.

Caso queira saber mais sobre este passeio, basta clicar aqui e tirar todas as dúvidas sobre valores e como funciona.

Inclusive, você poderá conhecer o Grand Canyon do alto em um sobrevoo de helicóptero então, saiba mais sobre este passeio aqui.

Grand Canyon North Rim

Já a entrada North Rim, o acesso é um pouco mais complicado, compensando deixar ela para uma segunda visita.

Distante aproximadamente 400 km de Las Vegas, fica aberto somente entre os meses de maio e outubro, possuindo quatro mirantes conhecidos, Point Imperial, Cape Royal, Roosevelt Point e Walhalla Overlook.

Esta área do parque recebe menos visitantes e é a preferida dos adeptos de esportes de aventura e amantes da natureza por ser mais “selvagem”.

Origem do nome do Parque Nacional do Grand Canyon

Grand Canyon é o nome dado à fissura natural resultante da erosão provocada pelo curso do rio Colorado.

O parque nacional do Grand Canyon é um dos primeiros parques dos Estados Unidos. Primeiramente recebeu o nome de Puerto de Bucareli em 1776, pelo missionário Franciscano Francisco Tomás Garcés.

Já pelos anos de 1850, era conhecido como Big Cañon e Grand Cañon of the Colorado, tornando-se conhecido finalmente pelo nome de Grand Canyon.

Em 1903, foi criado o Parque Nacional pelo presidente Theodore Roosevel. Além disso, em 1979, foi declarado pela UNESCO como Patrimônio Mundial.

Quando visitar o Parque Nacional Grand Canyon?

Não existe melhor época para se visitar o Grand Canyon, mas sim a estação que mais agrada o visitante. Em qualquer época que se deseja visitar o Grand Canyon, existirão paisagens espetaculares com suas peculiaridades.

Grand Canyon, vista dos desfiladeiros

Grand Canyon South Rim fica aberto durante todo o ano mas as atividades variam a cada estação. É a região que recebe cerca de 90% dos visitantes do parque por possuir melhor estrutura para receber o turista.

Ja o lado North Rim permite a visitação entre 15 de maio e 15 de outubro, além de ser mais baixo que na South Rim, em média 300 metros.

Grand Canyon West, é o mais fácil a ser visitado devido sua proximidade com Las Vegas, sendo acessível também a qualquer época do ano. Devido esta região ficar dentro de uma reserva indígena, as leis de exploração são muito mais suaves.

Mas então, qual a melhor estação para visitar o Grand Canyon?

Primavera

Na primavera é possível sentir o calor do deserto e ver várias flores coloridas, principalmente durante o mês de março, com temperaturas entre 17 e 34 ºC.

Verão

Período com temperaturas muito elevadas e umidade relativa do ar muito baixa, as temperaturas oscilam entre 22 e 38 ºC. Além disso, o céu é praticamente sem nuvens nesta estação do ano.

Neste período também existem grandes possibilidades de chuvas fortes com raios e trovoadas.

É considerado de alta temporada, então, prepare-se para pegar congestionamento nas entradas do parque, principalmente aos finais de semana e feriados.

Outono

Outono no Grand Canyon significa temperaturas entre 8 e 21 ºC, poucos turistas e paisagens lindas. Esta estação fica entre os meses de setembro e novembro.

Inverno

Entre os meses de dezembro e março, a média das temperaturas ficam abaixo de zero em South Rim. Já em North Rim, a média abaixo de zero ocorre entre os meses de outubro e abril, época fechada para visitação.

Independente de qual é a entrada, a queda de neve é comum em ambos os pontos. Neste período também, o céu é mais encoberto de nuvens, acima de 80% do tempo.

Neste período também ocorre a baixa temporada, onde menos turistas costumam visitar o parque.

Quanto custa visitar o Grand Canyon National Park

Para visitar North Rim ou South Rim, o valor da entrada é de US$ 35,00 por carro de passeio, válido para 7 dias de acesso. Para acesso de motocicletas, o valor é de US$ 25,00.

Uma possibilidade bem interessante, principalmente se você for visitar outros parques nacionais nos Estados Unidos, é adquirir o Passe Anual dos Parques Nacionais americanos.

Optamos pelo passe anual que custa US$ 80,00 e dá permissão para entrar em todos os parques nacionais dos Estados Unidos, de forma ilimitada pelo período de 1 ano. Esse passe é pessoal e intransferível, devendo ser apresentado juntamente com o documento de identificação.

O passe anual pode ser adquirido online no site da NPS, ou na entrada do primeiro parque que for visitar, no Visitor Center. Aliás, todos os ingressos são comprados nos centros de visitantes do parque.

Para quem vai ao West Rim, o valor da entrada é de US$ 60,00, mas caso queira realizar o passeio no Skywalk, terá que desembolsar entre US$ 39,00 e US$ 49,00 dependendo da data escolhida.

Vale ressaltar que não é permitido levar câmeras e celulares na Skywalk. Conforme os moradores locais, a medida visa preservar o vidro da passarela. Desa maneira, caso queira uma foto na Skywalk, terá que pagar mais US$ 16,00 por foto impressa, ou US$ 69,90 por um pendrive com todas as fotos.

Estrutura do Parque Nacional Grand Canyon

O parque nacional do Grand Canyon recebe mais de cinco milhões de visitantes por ano.

A borda sul do Parque Nacional do Grand Canyon é toda margeada por trilhas pavimentadas para caminhada, trilhas sem pavimentação para trekking, bem como trilhas com e sem pavimentação para bikes.

A rota cênica oferece acessibilidade em todo seu percurso.

Dentro do Parque existem mercados, áreas de restaurantes, banheiros, área de campings, hotéis e todo suporte que um turista necessita.

O valor dos produtos no mercado dentro do parque nacional do Grand Canyon não são superiores aos dos mercados fora do parque, além de oferecer grande variedade, até mesmo para quem for acampar.

O Visitor Center oferece banheiros, estacionamento, wi-fi e mapas, loja de souvenires, praça de alimentação e ainda um cinema. Cabe salientar que o horário de funcionamento é das 8:00 às 17:00 hs.

O sinal de celular funciona somente em alguns locais, mas os melhores locais são próximo a área do visitor center ou ao Grand Canyon Village.

Aliás, se quiser viajar conectado, através deste link você pode contratar seu plano de internet para os Estados Unidos ou qualquer país do mundo.

Sempre usamos chip de internet internacional em nossas viagens, tanto para utilizar aplicativos de comunicação e navegação, como para compartilhar nossas dicas com vocês em tempo real pelo instagram.

Utilizando o cupom CASALABORDO, você garante 5% de desconto.

Além disso, na borda sul do Grand Canyon, é possível ainda ir de um ponto a outro utilizando os serviços de ônibus do parque.

Rotas de ônibus dentro do Parque Nacional do Grand Canyon

Entrada Sul

Conforme dito anteriormente, o Grand Canyon South Rim disponibiliza, gratuitamente, transporte interno em ônibus que possuem paradas em todos os principais pontos de interesse do parque.

ônibus que circula dentro do parque nacional do grand canyon

As rotas de ônibus são as seguintes:

mapa do south rim grand canyon
  • AZUL (Village Route): Possui o trajeto na região central do parque, interligando o centro de visitantes, hotéis, restaurantes, campings, estacionamentos e outras facilidades. Passa a cada 30 minutos e o percurso total do parque dura em média 50 minutos.
  • VERMELHA (Hermits Rest Route): Seu trajeto permite acessar 9 pontos de observação e roda somente na área do Hermits Rest, Prima, Mohave e Powell. Seu trajeto dura aproximadamente 80 minutos, sendo que passam a cada 30 minutos nos pontos.
  • ROXA (Tusayan Route): Realiza o trajeto entre o Grand Canyon Visitor Center e os hotéis e a cidade de Tusayan.
  • LARANJA (Kaibab/Rim Route): Tem sua rota do Visitor Center e Yavapai museu de geologia, South Kaibab Trailhead e outros pontos de visualização. Permite o acesso as trilhas South Kaibab e Yaki Point. O percurso total dura 50 minutos e os ônibus passam nos pontos a cada 30 minutos..

Entrada Norte

Na entrada North Rim, não existe o transporte através de ônibus, sendo necessário estar de carro para se deslocar entre os pontos. Além disso, exige maior planejamento por ter uma infra estrutura mais limitada com poucas comodidades.

Grand canyon north rim

Isso não é problema para pessoas que curtem aventura e tem espirito aventureiro. A visita ao Grand Canyon North Rim é mais indicada para pessoas que gostam de caminhar, fazer trekkings e observar a natureza mais selvagem.

Centro de Visitantes do Grand Canyon National Park

No Centro de Visitantes do Grand Canyon, existem lojas para aquisição de lembranças do parque, além de um cinema que conta a história do Grand Canyon desde o seu surgimento.

centro de visitantes do grand canyon

Além de ser uma parada quase obrigatória, pois é lá que são retirados os mapas do Parque Nacional do Grand Canyon, também permite sua primeira vista do Grand Canyon.

Basta realizar uma pequena caminhada até o Mather Point. Durante a alta temporada, os estacionamentos do Centro de Visitantes costumam lotar a partir das 09:30 hs, sendo assim, programe sua chegada para antes deste horário.

Caso não seja possível, poderá procurar os estacionamentos A-D no Market Plaza e o Village Historic District..

Ainda no Centro de Visitantes, você encontrará informações sobre as atividades do parque, sistema dos ônibus e os programas dos guardas florestais.

Por fim, programe-se para assistir ao filme Grand Canyon, uma Jornada Maravilhosa, que tem duração de 20 minutos e início a cada meia hora.

Hotéis dentro do Parque Nacional do Grand Canyon

Dentro do Grand Canyon National Park, é possível se hospedar em seis hotéis, todos localizados em South Rim.

Além de poder curtir todas as atividades do parque, quem se hospeda nesses hotéis usufrui das comodidades oferecidas, bem como se hospeda em quartos com vista para o Grand Canyon.

Contudo, todos esses privilégios são para poucos. Mas nem estamos falando do valor a ser pago e sim da dificuldade em encontrar vagas. É preciso se planejar e reservar com muita antecedência.

Uma sugestão para se hospedar dentro do Parque é o Arizona Luxury Expeditions – Grand Canyon. Próximo ao Mather Campground, este local se trata de um camping de luxo que oferece regime all inclusive, estacionamento privativo e ótima localização.

Se hospedar no Arizona Luxury Expeditions é uma experiência exclusiva e de imersão à natureza, com guia de turismo à disposição. Todas as barracas contam com área de estar e área para refeições, toalhas, camas e muitos cobertores, aquecedor e amenities. Enfim, muito conforto e luxo em um acampamento.

Além disso, há uma excelente, porém pequena rede de hotéis em Tusayan, cidade esta que fica na entrada do Parque e que é contemplada pela Linha Roxa de ônibus do Grand Canyon.

Mais a frente, falaremos mais sobre esses hotéis do entorno, onde você poderá ver algumas recomendações.

Campings dentro do Parque

Dentro do Parque Nacional do Grand Canyon, existem 6 opções de campings, sendo que três são dentro do canyon, cujo acesso se dá somente através de trilhas.

Camping dentro do Grand Canyon
  • Mather Camp Ground: É o maior camping do Grand Canyon, possuindo estrutura completa, o que inclui banheiros e chuveiros. Funciona durante todo ano, para reservar basta acessar o site oficial do camping
  • Trailer Village: Único campground do Grand Canyon com conexões de energia e água, além de banheiros com chuveiros. Ele está aberto o ano todo. Reservas também realizadas no site oficial do camping.
  • Desert View Campground Funciona entre os meses de abril e outubro, possui banheiro mas não chuveiro. Funciona no estilo primeiro que chega, primeiro que escolhe.

Para poder acampar dentro do Parque Nacional do Grand Canyon, na parte baixa, é necessário solicitar uma autorização cujo valor é de US$ 10,00 por licença e mais US$ 8,00 por pessoa ou animal, por noite de acampamento.

A solicitação para a autorização pode ser realizada através do site NPS.GOV.

Mather Campground, escolha para nosso pernoite de motorhome no Grand Canyon

Assim que pegamos o mapa no Visitor Center, decidimos que iríamos tentar pernoitar no Mather Campground, mesmo sem reserva antecipada. Como fomos em época de baixa temporada, tinham muitas vagas para quem não tinha reserva.

Céu do Grand Canyon

Logo na entrada do campground, existe uma espécie de recepção onde você verifica a disponibilidade de vagas ou confirma sua reserva, pega o número de seu site e efetua o pagamento de US$ 18,00 por noite.

Entrada do MAther CampGround

No Mather Campground há espaços para motorhome, bem como para trailers, sendo que todos oferecem mesa, bancos, área para fogueira. Além disso, há diversos banheiros espalhados pelo camping, todos muito limpos e bem cuidados.

Mather CampGround Grand Canyon

Todas as ruas dentro do parque são asfaltadas, o que permite deixar seu motorhome ou trailer estacionados e caminhar em qualquer época sem problema.

dump station no grand canyon

Na saída do campground existe área de Dump Station a qual não tem custo nenhum para utilização. Há ainda lavanderia e um mini mercado bem próximo ao campground, onde aproveitamos para comprar lenha para nossa fogueira.

campground grand canyon

O que fazer no Parque Nacional Grand Canyon

O parque Nacional do Grand Canyon oferece diversas opções para os mais variados estilos de visitantes.

Um passeio obrigatório para quem quer que seja é a caminhada pela borda do canyon. Aliás, o trecho entre o Mather Point e o Yavapai Point é espetacular, permitindo uma visão panorâmica.

As trilhas podem ser realizadas à pé mas você também pode utilizar os ônibus do parque para ir direto aos mirantes.

Passeio de carro pelos mirantes do Grand Canyon South Rim

Em período de baixa temporada, é possível conhecer os mirantes com seu próprio carro. Já em alta temporada, recomendamos o uso dos serviços de ônibus do parque visto que pode ser muito difícil achar vaga para estacionar.

entrada do grand canyon

O melhor horário para fazer este passeio é durante o período da manhã, pois provavelmente encontrará a maioria das trilhas e mirantes vazios.

Embora ter tranquilidade para conhecer essa maravilha seja essencial, indo pela manhã você verá os canyons ainda mais lindos com a luz do sol. A partir da hora do almoço, a sombra começa a cobrir os canyons, mas mesmo assim, continuam um espetáculo.

mirante grand canyon

A seguir, deixamos a identificação dos mirantes do Grand Canyon.

  • nos arredores do Visitor Center: Mather Point, Pipe Creek Vista, Yaki Point e Yavapai Point;
  • setor oeste (Hermit Road): Trailview Point, Maricopa Point, Powell Point, Hopi Point, Mojave Point, The Abyss, Monument Creek Vista, Pima Point, Hermits Rest;
  • setor leste (Desert View Drive): Grandview point, Moran Point, Lipan Point, Navajo Point, Desert View Watchtower.

Também existe a possibilidade de visitar a rota cênica Desert View Drive, que tem uma extensão de 40 km, conectando a entrada leste com o Visitor Center do Grand Canyon. É uma rota bem menos concorrida que a Hermits Rest mas a única forma de conhecê-la é de carro.

Uma das vantagens é a liberdade de ficar o tempo que desejar em cada atração, parar em quais mirantes desejar, curtir de forma mais tranquila.

Caso queira realizar esta viagem de carro, recomendamos que consultem o valor da locação na Rentcars. Você poderá pagar parcelado através do cartão de crédito e sem a cobrança de IOF.

Trekking, trilhas e caminhadas

Tanto para apenas contemplar tranquilamente os mirantes quanto para os amantes deste tipo de atividade, é possível a realização de trilhas de nível leve ao pesado, com diferentes tipos de terreno, elevação e visuais incríveis.

Grand Canyon, vista incrível

Existem diversas trilhas, inclusive uma que permite cruzar o lado South Rim para o North Rim, contudo, para realizar essa atividade é preciso ter experiência e estar com o preparo físico em dia.

Esta é uma das atividades que podem ser realizadas no Parque Nacional do Grand Canyon, permitindo um maior contato com o local e também uma visão diferente daquela de quem vai somente aos mirantes.

As trilhas disponíveis são as seguintes:

  • Hermit Trail Head, possui 24 km.
  • Brigt Angel Trailhead, possui mais de 25 km, ligando o parque ao camping Indian Gardem e também o desfiladeiro do Grand Canyon. É uma das trilhas mais famosas;
  • South Kaibab Trailhead, extensão de mais de 19 km, interliga o parque ao Phanton Ranch.

Mas não se assuste. Esses são os tamanhos totais das trilhas mas não quer dizer que você precisará fazê-la por completo.

Mirantes do Grand Canyon West e Skywalk

Para aqueles que estão hospedados em Las Vegas e não querem se deslocar até South Rim, é possível fazer um passeio bate e volta até o Grand Canyon West.

É bem fácil e comum os visitantes que optarem por alugar um veículo, realizar esse trajeto por conta própria.

Entretanto, se você não tem intenção de alugar um carro, pode contratar um tour guiado ou apenas o transporte de ônibus partindo de Las Vegas até o Grand Canyon West. Além disso, nesse tour de um dia, você poderá visitar a Skywalk, a famosa passarela de vidro sobre os canyons.

Uma excelente sugestão é a excursão de ônibus de Las Vegas que dura cerca de 10 horas e inclui transporte, ingresso ao Grand Canyon West, tempo para contemplação dos mirantes, lanche da manhã e almoço. Há possibilidade de visita à Skywalk, contudo, o ingresso é pago a parte.

Há ainda o tour ao Grand Canyon com adicionais Skywalk, Helicóptero e/ou Barco, conforme preferências do visitante, também com transporte partindo de Las Vegas.

Rafting no Rio Colorado

Para os amantes de aventura, é possível realizar rafting no rio Colorado dentro do parque nacional do Grand Canyon.

O Rio Colorado é a principal via navegável do sudeste, e sua extensão é de 1.450 milhas.

Existem diversas opções de passeios que podem durar de 1 até 18 dias. Dependendo do passeio que quiser realizar, existe uma fila de espera que pode durar até 2 anos. O valor do rafting custa a partir de 500 dólares por pessoa.

Para os amantes de passeios diferenciados, existe a Excursão de barco a jato no rio Colorado, que parte de Las Vegas e tem duração de 12 horas, porém, este passeio não chega ao Grand Canyon. É somente uma sugestão interessante para navegar pelo icônico Colorado River.

Voo de Helicóptero no Grand Canyon

O passeio de helicóptero no Grand Canyon pode ter duração entre 25 minutos à quatro horas, dependendo da escolha do turista.

Alguns passeios saem de Las Vegas e bebidas e aperitivos são fornecidos durante o voo. Existem diversas agências que realizam este passeio de helicóptero no Grand Canyon.

O passeio de helicóptero é realizado somente em West Rim, não sendo permitido este tipo de experiência dentro do Parque Nacional do Grand Canyon devido as restrições.

A dica é, escolha uma empresa que pouse no Grand Canyon. Algumas empresas oferecem a opção de pousar dentro de um ponto do Grand Canyon. Assim, você partirá de Las Vegas, fará o sobrevoo ao Grand Canyon West mas também terá a possibilidade de visitar os mirantes.

Voos de 25 minutos custam em média R$ 1.100,00, enquanto voos de 45 minutos podem sair a R$ 1.300,00.

Opções de Passeios de Helicóptero pelo Grand Canyon

Deixamos uma lista de passeios que podem ser realizadas de helicóptero abaixo:

  • Grand Canyon com Adicionais Skywalk, Helicóptero e Barco: Prepare-se para uma aventura típica do velho oeste pela Borda Oeste do Grand Canyon e conheça a terra dos hualapai. Voe até a base do cânion em um passeio opcional de helicóptero, atravesse a passarela de vidro e navegue pelo rio Colorado.
  • Tour de Helicóptero no Grand Canyon saindo de South Rim: Sobrevoe o Grand Canyon em um emocionante tour de helicóptero de 45 minutos saindo de South Rim. Admire vistas do Deserto Pintado, da Floresta Nacional de Kaibab e do Corredor do Dragão, a parte mais larga e profunda do canyon.
  • Grand Canyon, Passeio de Helicóptero com Aterrissagem: Reserve já e ganhe 10% de desconto neste requisitado passeio de helicóptero que desce 1000 metros abaixo da beira do Grande Canyon. Desfrute de champanhe e refrescos apreciando o rio Colorado no seu voo de volta.
  • Passeio de Helicóptero no Grand Canyon saindo de Las Vegas: Aprecie a grandeza do Grand Canyon em um passeio turístico de helicóptero de 4 horas. Voe até 1.066 metros abaixo da borda do Grand Canyon e desfrute de champagne com vista para o rio Colorado. No voo de volta, confira de cima a incrível Las Vegas Strip.
  • Tour Grand Canyon West de ônibus e helicóptero: Deixe Las Vegas e desfrute de um lanche leve a bordo do ônibus enquanto segue em direção ao Grand Canyon, passando pela incrível Represa Hoover. Na chegada à Borda Oeste do Grand Canyon, embarque em um helicóptero panorâmico e voe até o cânion.

Mas que tal um casamento em uma das sete maravilhas do mundo?

Isso também é possível. Este casamento contará com transporte do hotel até o aeroporto em uma limousine.

Partindo do aeroporto de Las Vegas, o destino será o Grand Canyon a bordo de um helicóptero. Você terá uma cerimônia em um dos locais com o plano de fundo mais perfeito na face da terra.

Este casamento no Grand Canyon dura cerca de 3 horas. Para maiores informações do percurso bem como dos detalhes podem ser verificados clicando AQUI.

Pôr do Sol no Grand Canyon

Uma das horas mais lindas do dia, assistir ao pôr do sol no Grand Canyon é algo inesquecível.

Já para amantes de fotografia, um melhores momentos do dia para se fotografar.

Por do sol no Grand Canyon

Em Grand Canyon South Rim, o mirante ideal para assistir ao pôr do sol é o Mojave’s Point, que tem uma vista incrível dos canyons. Claro que fomos conferir esse espetáculo.

Por do sol no parque nacional south rim

O Mojave’s Point é uma das duas únicas paradas ao leste na rota de ônibus Hermit’s Rest. Depois dele, existe somente o Hopi Point que também é considerado um ótimo local para ver o pôr do sol no Grand Canyon.

Outra vantagem do Mojave’s Point é que ele recebe menos visitantes, o que torna o local preferido para contemplar com tranquilidade, bem como para tirar fotos sem muitas pessoas ao fundo.

Para aqueles que estão em Las Vegas, mas não abrem mão de ver um pôr do sol incrível, existem passeios exclusivos para isso: Excursão ao Pôr do Sol para Grand Canyon West.

Também existe a excursão ao pôr do sol do Grand Canyon Hermits Rest de Tusayan, em um passeio de jipe ​​a partir de Tusayan.

Contemplar o céu no Parque Nacional do Grand Canyon – Fotografia Noturna

O céu no Grand Canyon South Rim é fenomenal, sendo considerado uma das melhores regiões de céu escuro para se observar a via láctea.

Contudo, como estivemos no Grand Canyon durante a lua cheia e o céu não estava nas melhores condições de observação.

Entretanto, antes da lua aparecer, aproveitamos para fazer algumas fotos durante a noite.

Noite no Grand Canyon, fotos das estrelas

Então, para fotos noturnas, leve em consideração as fases da lua, lembrando sempre que para este tipo de foto, quanto menos luz, mais estrelas irá conseguir captar.

Como dentro do camping Mather não existe conexão com e rede elétrica e o ambiente é bem arborizado, isso tudo facilitou a captura das imagens.

As fotos foram feitas usando uma camera canon, com lente EF-S 10/22mm e abertura de 3.5 – 4.5.

Para a captura desta imagem, foi utilizado uma distância focal de 18mm, abertura de 3.5 e tempo de exposição de 30 segundos.

Trilha montado em mulas

Neste passeio será possível realizar a descida aos canyons montado em uma mula. Existem saídas tanto de South Rim quanto de North Rim.

Caso decida sair de South Rim, o passeio deverá ser agendado com até 13 meses de antecedência devido a grande procura.

Se decidir sair de North Rim, os passeios ocorrem somente entre os meses de maio e outubro, mas não chegam até o Rio colorado.

Caso tenha vontade, você poderá verificar os valores e roteiros que podem ser realizados em três dias, incluindo hospedagem, café da manhã e muito mais: Tour de 3 dias pelo Bryce, Zion e Grand Canyon a partir de Las Vegas.

Conhecer um pouco da história do Grand Canyon

Alguns pontos dentro do Parque Nacional foram idealizados de modo a contar a história do local e são sugestões interessantes para quem tiver tempo disponível.

O Yavapai Geology Museu tem a entrada é gratuita e dispõe de várias explicações sobre a formação geológica do Grand Canyon, além de diversas imagens. Está localizado entre o Visitor Center e o Grand Canyon Village.

Museu dentro do parque nacional

O Lookout Studio é um estúdio antigo, construído em 1905, que atualmente funciona como museu e ponto de observação de pássaros.

Na Vila histórica do Grand Canyon é possível observar a antiga estação ferroviária, bem como é a região onde ficam as hospedagens.

Já a Watch Tower é uma antiga torre de pedra, sendo o ponto mais alto da borda sul do Grand Canyon, possuindo vista da parte leste do parque. Foi projetada por Mary Colter e possui 85 degraus com uma visão de 360º acima de 21 metros.

O Tusayan Museum, que funciona das 09:00 às 17:00 hs, te faz entender como era o dia a dia dos povos que habitaram a região do Grand Canyon, permitindo compreender a evolução.

O Museu conta com exposições que ajudarão a dar vida as ruínas. Neste local também é possível ver artefatos de 2.000 à 4.000 anos, além de artesanatos tradicionais produzidos por tribos regionais.

Onde se hospedar

Conforme dito anteriormente, há possibilidades de se hospedar dentro do Parque Nacional do Grand Canyon nos hotéis ou nos campgrounds.

Como estávamos de motorhome, conseguimos nos hospedar no Mather Campground. Se acaso preferir, você pode acampar em barracas em campings específicos ainda dentro do parque.

motorhome campground national park

Entretanto, há oferta de bons na cidade de Tusayan, bem próximo à entrada sul do Grand Canyon.

Hotéis próximos ao Parque Nacional do Grand Canyon

Aqui deixaremos algumas sugestões que ficam bem próximas do Grand Canyon.

  • The Grand Hotel at the Grand Canyon, um hotel de luxo 5 estrelas, que conta com restaurante, bar, restaurante e wi-fi, localizado em Tusayan, a 10 km do Mather Campground. Há uma parada do ônibus que faz o trajeto gratuito ao Grand Canyon em frente ao hotel.
  • Grand Canyon Plaza Hotel, Localizado na região de Tusayan, a 10 km da entrada sul do Grand Canyon. Este hotel oferece estacionamento gratuito, wi-fi, aceita pets, bar e diversas outras comodidades. A parada do ônibus fica a poucos metros do hotel.
  • Holiday Inn Express Grand Canyon, 15 minutos até o parque Nacional do Grand Canyon, também com parada do ônibus em frente, possui wi-fi, estacionamento, piscina aquecida, café da manhã e muitas comodidades.
  • Canyon Plaza Premier Studio and Apartments, 8,8 km do Mather Campground, aceita pets, possui estacionamento gratuito, wi-fi, bar e demais comodidades. Além disso, vista para o vale e cozinha compacta são muito elogiadas.
  • Best Western Premier Grand Canyon Squire Inn: Também com uma parada do ônibus em frente, o Squire Inn é mais econômico que os demais e por isso, as vagas acabam se esgotando rapidamente. Oferece café da manhã e quartos espaçosos e muito confortáveis.

Além das opções de hospedagem que deixamos acima, ainda existem outras um pouco mais distante, na cidade de Valle, que poderão ser verificadas no link a seguir.

Valle está distante cerca de 22 milhas de Tusayan e não é atendida pelo ônibus do Parque Nacional.

Dicas Gerais

Conforme dito, o sinal de celular funciona em poucos lugares e Wi-Fi existe somente nos centro de visitantes, sendo assim, tenha sempre com você mapas e um GPS.

Uma dica é comprar fardos de água, com garrafinhas de 500ml nos supermercados, visto que o valor de 36 garrafinhas é em média de US$ 3,50.

Beba bastante água pois o calor e a baixa umidade do ar são intensos.

Além disso, use e abuse do protetor solar e roupas com proteção, protetor labial, hidratante nasal, óculos e boné. Mesmo com o clima mais fresco, o sol é muito forte e você deve se proteger.

Contrate um Seguro Viagem pois nos Estados Unidos não existe sistema público de saúde como no Brasil. Então, qualquer consulta ou ida ao hospital o valor sairá diretamente do seu bolso.

Por isso, sempre contratamos nosso seguro viagem com a Real Seguros pois, além de oferecer as melhores coberturas, tem preços imbatíveis, além dos 10% de desconto do Casal a Bordo.

Se estiver planejando fazer uma viagem de motorhome, lembre-se que você pode fazer a cotação e reserva a partir de nosso site, por este link. Além de encontrar os melhores preços, você poderá contar com nossa assessoria para sanar todas as suas dúvidas.

Planeje-se para abastecer seu veículo antes de entrar nos parques nacionais pois não existem postos de combustível em seu interior.

Para consultar o preço médio do combustível, utilizamos o aplicativo WAZE, sendo que a diferença de valores apresentados pelo app era mínima, ou as vezes nenhuma, com o que estava sendo praticado pelos postos na data.

Sendo assim, sempre que tínhamos sinal, consultávamos os valores para o próximo abastecimento.

Considerações sobre nossa visita ao Grand Canyon National Park

Conhecer o Grand Canyon National Park durante nossa roadtrip de motorhome e poder nos hospedar em um campground dentro dele, foram um dos pontos altos da viagem.

O Grand Canyon é deslumbrante, um verdadeiro espetáculo da natureza que superou todas as nossas expectativas. Além disso, poder desfrutar de toda a estrutura que o parque oferece torna o passeio ainda mais agradável.

Então, se estava em dúvidas sobre incluir ou não o Parque Nacional do Grand Canyon em seu roteiro, esperamos ter lhe ajudado a decidir. Nossa recomendação é: vá e se encante.

Agora me diga, o que achou do post? Ficou com alguma dúvida? Tem uma experiência que gostaria de compartilhar conosco? Fique a vontade para comentar pois o blog tem mais vida com a sua participação.

Organize sua viagem com quem entende do assunto.

Toda vez que você reserva algum produto através dos links/Banners encontrados no Blog, nós ganhamos uma pequena comissão. NÃO EXISTE CUSTO EXTRA para você, e ainda nos ajuda a continuar produzindo conteúdo de qualidade e a manter o blog no ar.
Nós agradecemos seu apoio.

HotelReserve seu Hotel com as melhores tarifas
Aluguel de CarroAluguel de Carro até 60% de desconto
Seguro ViagemSeguro Viagem com Desconto
Chip CelularChip de Celular com até 25% de desconto
AviãoPassagens com até 35% de Desconto

Siga nossas redes sociais.

Instagram – @casalabordo

Facebook – Casal a Bordo

YouTube – Casal a Bordo

Twitter – @casalabordo

Euclides Torezan

Sul-matogrossense, 39 anos, servidor público. Um viajante nato, trilheiro, que ama animais, o contato com a natureza, trilhas e cachoeiras, esportes radicais e tudo o que envolve adrenalina. Apaixonado por motos e por tecnologia, é o responsável pelas imagens produzidas bem como edição de vídeos e do blog.

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Olá. Parabéns pelo post. A viagem de vcs deve ter sido incrível!
    Vi no site que administra o Grand Canyon que não precisa de permissão pra quem vai se hospedar no Mather Campground e outros campings. Sabe de alguma coisa sobre isso? Vou viajar em abril e estou com medo de não conseguir a autorização a tempo e em todos os blogs que li dizia que precisa de autorização para acampar.
    Obrigada.

    1. Oie Rafa, tudo bem? Olha, a viagem foi realmente incrível!!!!! Ficamos felizes que tenha gostado do post. Se você for ficar apenas uma ou duas noites, não precisa agendamento prévio. Você chega na recepção e eles já te informam se tem sites disponíveis. Porém, você pode fazer reservas com até 6 meses de antecedência pelo Serviço Nacional de Reservas Recreativas , ligando para 1-877-444-6777 ou on-line em https://www.recreation.gov/. Como ficamos apenas uma noite, chegamos na hora pra ver se tinha vaga e tinham muitas (fomos em Novembro). Você vai acampar em barraca ou motorhome? Se for motorhome, lembre-se que você pode reservar diretamente em nosso site. Se tiver mais alguma dúvida, fique a vontade para nos chamar. Beijos, Lu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar